meta content='WhereTheLightIsBlog' property='fb:admins'/> Where The Light Is - Por Gabriela Cubayachi

31 julho 2015

Diário de Viagem: Ouro Preto, Minas Gerais


Quem me acompanha no Instagram (officialgabi), deve ter visto que eu passei a última semana em Minas, viajando com a família! Meu destino principal foi Belo Horizonte, mas também aproveitamos para passear em Ouro Preto, um lugar que eu sempre quis conhecer! 











Ouro Preto é considerada um museu a céu aberto e também foi declarada Patrimônio da Humanidade, principalmente porque sua arquitetura colonial foi toda preservada. É uma delícia passear pela cidade e sentir como se ela tivesse parado no tempo! Além disso, a cidade também tem uma beleza natural incrível e obras do Aleijadinho e do Ataíde em suas igrejas.

Por ter sido construída em uma região montanhosa, Ouro Preto tem muuuuuitas subidas e descidas bem íngremes, por isso vá com um sapato confortável! Beijos pra você que torceu o pé mesmo indo de tênis, HEHE! A moça da farmácia disse que isso é super comum por lá. Ops! :P





A cidade em si tem várias atrações, como as igrejas com arquitetura barroca (destaque para a igreja São Francisco de Assis, com as obras do Aleijadinho), o Museu da Inconfidência e até mesmo trilhas, cachoeiras e visitas em minas de ouro. Também vale a pena simplesmente ficar passeando pela cidade e, claro, parar pra comer comidinha mineira, hehe! Eles tem bastante lojas de souvenirs, artistas de rua e até uma feirinha artesanal bem legal.





Ouro Preto é uma cidade bem turística e é bem comum você encontrar informações sobre a história dos pontos turísticos. É realmente como um museu e vale ir parando, lendo, observando e realmente conhecendo cada um dos lugares, e não só parar para tirar foto ou riscar um item da lista, como vemos muita gente fazendo!




Não sei ao certo o porquê, mas a cidade me lembrou um pouco Valparaíso, no Chile, que também teve seu centro histórico declarado como Patrimônio Cultural da Humanidade (tem post sobre Valparaíso aqui). E ainda assim, achei que Ouro Preto tem um cuidado maior com o turismo e com a preservação, fiquei muito feliz em ver isso por lá. 

Esse é um passeio que vale muito a pena, mesmo! Eu sempre quis conhecer a cidade e mesmo assim acabei me surpreendendo. É muito bom conhecer mais da nossa cultura e nossa história. Para quem também gosta de viagem, arte e história, é quase uma parada obrigatória, hehe!



E vocês, já foram ou tem vontade de ir pra Ouro Preto?

Já me acompanham por aí?
YoutubeBloglovin | Instagram | Twitter | Goodreads | Lookbook
                        

"Just keep me where the light is." 

13 julho 2015

Blog Tips: O que NÃO fazer para conseguir parcerias




Uma das perguntas que eu mais recebo no blog ou por email, é de como conseguir parcerias com marcas. Vou fazer um post mais específico com dicas sobre isso, mas hoje decidi falar um pouco sobre algumas coisas que podem prejudicar seu blog na hora de conseguir parcerias. 

1. Pedir parceria x apresentar seu blog

Existe uma diferença enorme entre sair por aí pedindo parceria e apresentar o seu blog! Na minha loja, por exemplo, nós recebemos vários emails de blogueiros pedindo para a marca ser parceira, anunciar e enviar produtos, com várias informações jogadas no email. Isso pode até funcionar algumas vezes, mas é péssimo para a imagem do seu blog, afinal, nenhuma marca vai enviar produtos e anunciar em um blog simplesmente porque o blogueiro pediu. Para anunciar, existe uma pesquisa e um planejamento baseado em informações realmente relevantes sobre o blog. Por isso, aconselho que você tenha um mídia kit bem feitinho falando sobre o seu blog, os assuntos, dados de estatística, falando sobre o público alvo, as formas de anúncio e tudo que você pode oferecer para a marca. Depois, é só enviar um email apresentando o seu trabalho e colocando-se à disposição, pronto! É claro que o ideal é que a marca entre em contato com você, mas como são milhares de blogs por aí, não vejo problema em apresentar-se, desde que da maneira correta e sem insistência. 



2. Escrever emails mal elaborados

O email é a primeira impressão que a marca vai ter de você, por isso ele precisa ser bem elaborado. Na loja, nós também recebemos vários emails pedindo parcerias, mas cheio de erros de ortografia, digitação e sem informações relevantes. Quando for enviar um email apresentando seu blog, tenha certeza de que ele está escrito corretamente e envie junto o mídia kit com informações relevantes. Seja objetivo e organizado, afinal, como a marca vai acreditar que seu blog tem qualidade e credibilidade, se você não conseguir mostrar isso nem no email? Invista seu tempo nisso, tendo em mente que um trabalho bem feito irá gerar muito mais resultados. Se você não tiver tempo, pode contratar um profissional para ajudar. Blogs grandes costumam contratar profissionais para prestar o serviço de assessoria de marketing, mas você também pode contratar serviços de consultoria e profissionais para fazer seu mídia kit, por exemplo. Inclusive, quem precisar de um designer para arte de mídia kit ou cartões de visita, é só falar comigo por email, porque eu presto esse serviço. Também tenho pacotes especiais de consultoria para ajudar a conseguir parcerias e outros objetivos. Site: www.gabicubayachi.com | Email: gabrielacubayachi@gmail.com. 




3. Não considerar o público alvo

Não adianta você ter um blog que fala só sobre livros e querer trabalhar com marcas de maquiagem e vice-versa. Nenhuma empresa vai anunciar em um blog que tenha um público alvo diferente e que não seja um consumidor em potencial. Por isso, conheça o seu público e tenha em mente que para gerar resultados para empresa, seu público deve estar interessado no produto ou na marca. Além disso, mesmo que a empresa decida fazer a parceria, pense se aquele anúncio vai agradar seus leitores ou fazer com que seu blog perca um pouco da identidade. Eu mesma já recusei algumas propostas de parceria, não necessariamente porque a marca ou o produto eram ruins, mas porque não tinham nada a ver com o que eu falo por aqui e porque eu sabia que vocês não iriam se interessar.

4. Aceitar qualquer proposta

Uma coisa que eu vejo muito por aí, são blogueiros aceitando propostas absurdas de marcas simplesmente para ganhar isso ou aquilo. Se o seu blog é pequeno e você não tem muito a oferecer ainda, é claro que é legal você trabalhar com marcas sem cobrar como um blog grande, assim você consegue conteúdos legais para os seus leitores e cria uma base de marcas que você já trabalhou, mas nunca deixe de valorizar o seu trabalho. Muita gente acha que blogar é fácil e qualquer um faz, mas não é bem assim. Um blog de qualidade não nasce de um dia para o outro e é preciso muito esforço, dedicação e comprometimento para que isso aconteça. Se o seu conteúdo é bom e apresenta resultados para a marca, é porque você passou boa parte do seu tempo pesquisando, elaborando posts, tirando fotos, editando, escrevendo e divulgando, além de investir em layout, comunicação, equipamentos, cursos, entre outros. Pense bastante antes de aceitar qualquer proposta. Procure saber se aquela marca é de confiança, se os produtos são de qualidade, se seus leitores vão gostar e se vale a pena.



5. Não ter o que oferecer 

Uma marca só irá firmar parceria ou anunciar em um blog que gere resultados para ela, ponto. Da mesma forma que o blogueiro quer receber novidades, vantagens e produtos, a marca quer receber resultados, seja em vendas, divulgação, acessos, conteúdo ou qualquer outro objetivo que ela tenha em mente. Se você acha que ainda não tem muito a oferecer, espere um pouco para ir atrás, ou então procure sistema de parcerias que tragam vantagens baseadas em resultados, como programas de afiliados, por exemplo. Trabalhe bastante com seu blog, gere conteúdos legais, fidelize seus leitores e tenha algo bom a oferecer. Dessa forma, seu trabalho é muito mais valorizado e tanto você quanto a empresa conseguem resultados bem melhores.

6. Não levar os leitores em consideração 

Nunca, nunca, nunca indique no seu blog algo que você sabe que é ruim e que seus leitores não vão gostar. Não importa se você está recebendo bastante dinheiro ou se a marca é sua parceira. Se você não gosta de algo e não quer prejudicar a marca, entre em contato com eles e diga que você não gostou, então prefere não postar. Leve em consideração que seus leitores confiam em você e na sua opinião, e que eles estão gastando o dinheiro e o tempo deles em algo que você indicou. É claro que muita coisa é opinião e que eles podem não gostar de algo que você achou o máximo, mas isso é muito diferente de você indicar alguma coisa que você não conhece ou sabe que não é legal. Já vi blogueiros indicando até remédio por aí, o que é um absurdo sem fim. Tenha em mente que você é um formador de opinião e que não é só a sua vida, seu tempo e seu dinheiro em jogo. Fale só do que você entende, seja honesto e não coloque sua credibilidade em jogo.


Bom, esses são alguns itens que eu considero super importantes! E vocês, o que acham? Se tiver algum assunto que querem que eu fale na série Blog Tips, é só dizer!


    Já me acompanha por aí?
YoutubeBloglovin | Instagram | Twitter | Goodreads | Portfolio
                        

"Just keep me where the light is." 

06 julho 2015

Literatura: After (Anna Todd)




Eu acho que já comentei várias vezes por aqui o quanto eu sempre amei fanfics, certo? Então vocês já podem imaginar que After entrou na minha lista de leitura no mesmo momento que fiquei sabendo sobre o livro! Para quem não sabe, After era uma fanfic de One Direction que foi transformada em livro. Eu recebi um exemplar da editora Paralela e hoje vim contar pra vocês o que eu achei!

Autora: Anna Todd | Editora: Pararela | Páginas: 524




After vai contar a história da Tessa, uma garota comum que acaba de entrar para universidade. Com o sonho de trabalhar em uma editora depois de formada, ela começa o ano letivo com toda sua vida planejada e organizada. Sabe exatamente quais aulas quer fazer, tem seu plano de estudo pronto, seus horários traçados e tudo nos eixos... Pelo menos até ela chegar lá e conhecer Hardin, um garoto que faz sua vida desmoronar em todos os sentidos. Isso é só um pouquinho do enredo, porque vocês sabem que eu não gosto de dar nenhum spoiler ou estragar a leitura pra vocês, hehe!

Se você não gosta de One Direction, já adianto que não tem problema algum! Por se tratar de uma ficção e de 1D ser somente uma inspiração para o livro, não tem referência alguma sobre a banda. Inclusive, o Hardin - personagem inspirado no Harry Styles - não tem nada a ver com o Harry, a não ser pelas tatuagens, olhos verdes e cabelos cacheados, hehe. A personalidade deles é totalmente distinta e nós sabemos que o Harry é a pessoa mais amor da vida e não seria capaz de fazer metade das coisas que o Hardin faz nesse livro, haha!




O livro é bem grandinho, mas eu estava com taaaaanta saudade de ler fics e desse clima gostoso, que acabei viciando e lendo bem rápido! Confesso que fiquei com medo de me decepcionar porque o enredo tem aquela fórmula clichêzinha de garota boazinha que conhece o garoto bad boy e acaba se apaixonando, mas eu gostei muito da escrita da Anna e ela conseguiu transformar o enredo em algo envolvente e viciante, hehe! Eu acho que ela poderia ter resumido algumas partes na segunda metade do livro e ter explorado mais o lado forte da Tessa, porque juro que tinha horas que eu queria entrar no livro e gritar com ela! Achei ela muito indecisa e incoerente nas escolhas, mas da pra ver que isso não uma falha na construção da personagem e sim algo proposital e da própria personalidade dela. Inclusive, pelo modo como o livro terminou, creio que autora vai trabalhar mais o amadurecimento da Tessa nos próximos, então preciso ler pra saber!




Vi algumas pessoas dizendo que o livro é uma versão mais leve e jovem de 50 Tons de Cinza (que era uma fanfic também), mas como não li 50 Tons, não sei dizer pra vocês se a comparação é válida. Tem bastante conteúdo adulto, mas isso não é o foco do enredo. Apesar de ser uma leitura rápida e que flui bem, é uma narrativa mais lenta e que vai sendo revelada e construída aos poucos. Isso é uma característica bem marcante em fics e algo que eu amo, porque você acaba curtindo bastante a leitura em si. Ler esse livro me lembrou muito dos velhos tempos em que eu ficava madrugadas inteiras lendo fics no computador e esperando por atualizações, hehe.




Depois de anos e anos acompanhando esse universo, percebi que tem muuuuita gente talentosa demais que começa a carreira assim, o que é algo que admiro muito! Por isso sempre fico feliz quando vejo as editoras abrindo as portas para esse tipo de literatura, e não foi diferente quando vi After nas livrarias. Quero muito ler os próximos e saber como vai terminar! <3





Vocês já leram ou tem vontade de ler After? Gostam de fanfics?

18 junho 2015

Book Haul: Livros comprados e recebidos



Nem acredito que estou postando um novo Book Haul por aqui, YAY! Eu amo muito gravar esse tipo de vídeo, mas acabei não fazendo por um tempinho, né? De qualquer forma, decidi mostrar os livros que eu comprei e recebi por aqui nos últimos tempos! Tem bastante coisa legal e eu espero que vocês gostem!

             

Também quero pedir mil desculpas pela falta de atualização do blog ultimamente. Estou em uma correria sem fim e tentando dar conta de tudo por aqui, mas eu prometo pra vocês que logo logo vou voltar a postar com mais frequencia e também aprovar/responder os comentários que estão atrasadinhos, okay? Estou com uma lista enooooorme de posts pra fazer pra vocês, então fiquem de olho, hehe! <3

E ah, não se esqueçam de inscreverem-se no canal, assim vocês recebem aviso toda vez que sair vídeo novo por lá!

Já me acompanham por aí?
YoutubeBloglovin | Instagram | Twitter | Goodreads | Lookbook
                        

"Just keep me where the light is." 

09 junho 2015

Vlog: Sessão de fotos, aula de teatro, Maze Runner e mais



O pedido de vocês é mais do que uma ordem, hehe! Na pesquisa de opinião do blog, quase todo mundo pediu para que eu atualizasse mais o Youtube e fizesse mais vlogs, então aqui estamos! Filmei um pouquinho da minha semana pra vocês e espero muito que gostem! Ainda estou pegando o jeito da coisa, mas prometo que vou tentar melhorar cada vez mais, ok? <3

              

Não se esqueçam de inscreverem-se no canal, assim vocês são avisados toda vez que eu postar algum vídeo novo por lá <3

Já me acompanha por aí?
YoutubeBloglovin | Instagram | Twitter | Goodreads | Lookbook
                        

"Just keep me where the light is." 
© Where The Light Is - 2015. Todos os direitos reservados. Design e programação: Gabriela Cubayachi. imagem-logo