meta content='WhereTheLightIsBlog' property='fb:admins'/> Where The Light Is - Por Gabriela Cubayachi: Filme: Like Crazy

24 fevereiro 2014

Filme: Like Crazy


Hoje decidi indicar um dos filmes mais lindos que já vi e que com certeza está entre os meus favoritos. Fazia um bom tempo que eu queria assistir Like Crazy, de tanto que eu via quotes e gifs desse filme no Tumblr e no We Heart It e sempre acabava amando e favoritando. Já que ele estava no topo da minha listinha, foi um dos primeiros que eu vi quando decidi tirar o atraso dos filmes. Desde então, fiquei com vontade de compartilhar aqui no blog, porque é um daqueles filmes que você acha que todo mundo deve ver pelo menos uma vez na vida. 


O filme conta a história de Anna (Felicity Jones), uma garota britânica que vai fazer faculdade nos Estados Unidos, onde conhece Jacob (Anton Yelchin). Os dois começam a se ver depois que Anna toma uma iniciativa e deixa uma carta com o número do seu telefone no carro dele. À partir daí, os dois se conhecem melhor e acabam se apaixonando um pelo outro. Quando terminam a faculdade, Anna ignora o fato de que seu visto está para vencer e decide passar o verão com Jacob, para só depois ir pra Inglaterra e passar uma semana com sua família. Quando retorna novamente para os Estados Unidos com um visto de turista, ela é parada na alfândega e proibida de entrar no país, já que tinha violado a lei anteriormente. 

A partir disso, Anna e Jacob são obrigados a manter o relacionamento à distância até ela conseguir resolver o problema do visto e poder voltar para os Estados Unidos. O problema é que, com o passar do tempo, cada um vai construindo sua própria vida e fica cada vez mais difícil se comunicarem em meio à rotinas corridas de trabalho, diferenças de fuso horário e novos amigos. Eles decidem terminar e tentar seguir em frente, mas mesmo assim se sentem presos um ao outro, sem nunca realmente conseguirem superar o que tiveram e o que ainda poderiam ter se pudessem ficar juntos. Com isso, eles sempre acabam decidindo tentar mais uma vez. A luta pelo visto e pelo relacionamento deles dura anos e é cheio de altos e baixos, com reencontros quando Jacob vai visitá-la na Inglaterra, sempre seguidos por despedidas dolorosas quando ele precisa voltar para os Estados Unidos e para o seu trabalho e sua vida lá. 


O que eu mais gostei nessa história é que a Anna e o Jacob fazem parte do nosso mundo, onde não existem soluções mágicas para os problemas e nem um final feliz garantido. Não importa o quanto eles se amem, o mundo simplesmente não para até que eles consigam ficar juntos. Eles precisam esperar, precisam lutar e ao mesmo tempo precisam continuar vivendo e moldando suas próprias vidas sem ter o outro por perto. A narrativa é tão real, que você acaba sofrendo com eles e sentindo tudo com eles também. Muita gente não gosta do final, mas eu achei brilhante. Esse é um daqueles filmes que, mesmo depois que acaba, deixa milhares de reflexões e fazem você parar pra pensar. Às vezes a gente se apega tanto às memórias e às possibilidades do futuro, que deixamos de olhar pro presente... E é no presente que a vida acontece, que surgem as oportunidades, que a gente cresce e muda. 

Às vezes você luta tanto, tanto, tanto por alguma coisa, que quando consegue, percebe que aquilo não significa mais tanto quanto significava antes. Ou às vezes você luta tanto, tanto, tanto, que quando consegue, percebe que tem coisas na vida que valem tão à pena, que você lutaria de novo, quantas vezes fosse preciso. 
Quanto ao Jacob e à Anna, eu gosto de pensar na segunda possibilidade. :)

   

Alguém já assistiu ou tem vontade de assistir Like Crazy? 

Comente com o Facebook:

24 Comentários

  1. Nossa, parece ser muito bonito e bom! Vou procurar, fiquei com muita vontade de ver.
    Obrigada por mais uma dica ótima, Gabi!

    Bejos
    A Mente Transborda

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jeh!
      É sim, vale à pena ver! <3

      Excluir
  2. Parece se rum filme ótimo, quero muito ver... Assim que puder com certeza irei ver!
    Beijos!

    http://opiniao---propria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Depois desse trailer... quero assistir logo!! :) Só não quero ver final tristeee ;(

    http://o-doce-mundo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Não conhecia o filme, mas achei a história bem interessante! :)

    Beijão!

    Piece of My Heart

    ResponderExcluir
  5. Trailer lindo quero assistir <3

    http://biaricaldy.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Sempre vi gifs desse filme no tumblr e não sabia de qual filme era, vou assistir assim que puder <33

    Só Bela e Feitas de Palavras

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahaha eu sempre via e ficava curiosa também, Isa! Tem cada coisa linda desse filme por lá <3

      Excluir
  7. adorei a "resenha" pode-se chamar assim!
    e depois de assistir ao trailer, me interessei mais!
    e adorei a música do trailer tbm ;)
    é estilo às músicas do crepúsculo!
    beijos,
    http://pontinhomv.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Siiim! A trilha desse filme é maravilhosa!

      Excluir
  8. Oi gabi!

    me interessei pelo filme, e sinceramente foi exatamente por você dizer que eles são como nós, pessoas reais. Uma realidade sem soluções mágicas.

    Vou ver se encontro ele pra assistir!
    :**

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Babi!
      Pois é, eu gosto muito de filmes mais realistas assim, a gente acaba se relacionando e emocionando bem mais, né? :D

      Excluir
  9. Ha que bacana esse filme, não conhecia!! valeu a dica :)

    ResponderExcluir
  10. Nesses últimos dias estou assistindo mais séries, mas vou procurar esse filme, viu? Quero assisti-lo!
    Beijos das Gêmeas

    visita: www.gemices.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Oi Gabi! Não sabia ainda desse filme, mas achei ele muito interessante depois da sua resenha, e principalmente quando você escreveu ''...onde não existem soluções mágicas para os problemas e nem um final feliz garantido''. Se você disse que muita gente não curtiu o final, deve ter acontecido alguma coisa, né? Fiquei curiosa, hehehe.

    Beijos,
    http://diariodasquatro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Andressa!
      Pois é, eu gostei muito do final porque foi bem realista também, mas não quero ficar falando pra não acabar com a graça! :P Quando der, assista! É muito bom e vale à pena! <3

      Excluir
  12. Esse filme é o romance mais realista que eu já vi. Isso o torna um pouco triste, devo dizer. Chorei diversas vezes, alguns detalhes sempre nos colocam nos lugares dos personagens e, de brinde, vem os sentimentos deles. Adorei a postagem sobre o filme, espero revê-lo de novo.
    Um beijo, Alice.
    http://verdadeplease.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Alice!
      Com certeza, é muito realista. A gente acaba se identificando bastante né?
      Que bom que gostou do post! <3

      Excluir

© Where The Light Is - 2016. Todos os direitos reservados. Design e programação: Folks Creative Studio. imagem-logo