meta content='WhereTheLightIsBlog' property='fb:admins'/> Where The Light Is - Por Gabriela Cubayachi: Literatura: Objetos Cortantes (Gillian Flynn)

16 maio 2015

Literatura: Objetos Cortantes (Gillian Flynn)


Objetos Cortantes entrou na minha lista de leitura desde o momento que eu fechei Garota Exemplar (tem resenha aqui e comparação com o filme aqui). Primeiro, porque eu fiquei apaixonada pela escrita da Gillian Flynn e também porque essa foi a primeira obra publicada por ela. Fiquei muito feliz quando a Intrínseca anunciou o lançamento desse livro e hoje eu vim compartilhar com vocês a minha opinião sobre ele!

Autora: Gillian Flynn | Editora: Intrínseca | Páginas: 254
Esta resenha NÃO tem spoilers!

Objetos Cortantes é narrado do ponto de vista de Camille Preaker, uma jornalista que trabalha como repórter investigativa em um jornal decadente de Chicago, o Daily Post. Quando dois casos de assassinato envolvendo duas garotinhas acontecem na pequena cidade de Wind Gap, no Missouri, o chefe de Camille pede para que ela vá até lá fazer a cobertura. O único problema é que essa não só é a cidade onde ela nasceu e cresceu, como também o lugar onde ela guarda suas memórias mais sombrias. Estar em Wind Gap não significa apenas lidar com o caso policial ou com sua família complicada, significa lidar com ela mesma... E Camille não sabe se consegue fazer isso.

Atormentados pelos assassinatos e certos de que o assassino em série ainda está na cidade, os moradores da pequena Wind Gap vivem um momento de medo e tensão. Enquanto tenta descobrir pistas e entender melhor a situação, Camille inevitavelmente reencontra pessoas, memórias e sentimentos que, aos poucos, vão fazendo com que nós entendamos melhor o porquê de ela ser como é. Mais e mais, percebemos que os pequenos fragmentos do seu passado formam a sua personalidade complexa e justificam seus problemas psicológicos.

Mais uma vez, a Gillian Flynn me deixou boquiaberta. A autora prometeu um thriller psicológico, mas entregou muito mais do que isso. Fica difícil acreditar que Objetos Cortantes foi a sua primeira obra. Escrita madura, personagens desenvolvidos com profundidade e enredo bem amarrado são apenas algumas das características desse livro, que prende a nossa atenção do começo ao fim.

Uma coisa que eu aprendi com Objetos Cortantes e Garota Exemplar, é que não importa o quanto eu tente descobrir o desfecho da história, eu simplesmente não vou acertar. E quando digo acertar, não falo somente de quem é o culpado dos crimes ou como as coisas aconteceram, mas também dos motivos, das escolhas dos personagens e das atitudes em relação a tudo isso. E posso dizer uma coisa? Isso é o que eu mais amo na escrita dela. Amo os elementos surpresa, amo as reviravoltas e amo mais ainda o fato de que nós fechamos o livro com a sensação de que tudo fez sentido, mesmo que seja algo absurdo, simplesmente porque nós passamos a entender como os personagens pensam, sentem e agem. Ela escreve personagens cheios de falhas, peculiaridades, inseguranças e pensamentos sombrios, doentes, duvidosos... Isto é: personagens que por mais distorcidos que sejam, representam nada mais e nada menos do que nós, seres humanos.




Não preciso nem dizer que indico esse livro, certo? Se você gosta não só de gênero policial, mas também de psicologia, é quase uma leitura obrigatória, hehe! Depois de Garota Exemplar, eu tinha traçado uma meta de ler todos os livros da Gillian Flynn... E Objetos Cortantes só veio para reforçar ainda mais isso. O próximo da lista é Lugares Escuros, que além de ser publicado pela Intrínseca e já estar em pré-venda, também vai estrear no cinema mês que vem! <3


Vocês já lerem ou tem vontade de ler algum livro da Gillian Flynn? 




Saiba onde comprar Objetos Cortantes clicando aqui.


Onde me encontrar:
           Bloglovin | Instagram | Twitter | Goodreads | Lookbook
                                 


Comente com o Facebook:

6 Comentários

  1. Desde que li Garota Exemplar que fiquei louca para ler mais coisas da autora, ela é genial! E sempre amei esse tipo de trama, cheia de mistério. Quando é com personagens bem construídos então, melhor ainda. Esse livro já estava na minha lista, mas depois da sua resenha vou passá-lo na frente na hora de comprar hahaha
    Beijo. Gabi!

    www.blogrefugio.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ceci! Concordo com você! A escrita da Gillian Flynn me conquistou demais!
      E yay, leia sim! Depois conta lá no blog o que achou, hehe! <3

      Excluir
  2. Oi Gabi, nunca li nenhum livro da autora e nem consegui assistir ao filme acredita? Adorei sua resenha e fiquei curiosa sobre os desfechos porque eu também nunca acerto nada kkkkk, sabe aquele jogo "detetive"? Sempre perdi kkkkkkkkk


    Beijos :*
    vidro-colorido.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Íziis!
      Aaaaaai, leia e assista, você não vai se arrepender! <3
      HUIHAIAHIU somos duas então!!

      Excluir
  3. Fiquei ainda com mais vontade de ler, Gabi! Agora só falta ter tempo, hahaha.

    ResponderExcluir

© Where The Light Is - 2016. Todos os direitos reservados. Design e programação: Folks Creative Studio. imagem-logo