meta content='WhereTheLightIsBlog' property='fb:admins'/> Where The Light Is - Por Gabriela Cubayachi: Oi, 2017!

04 janeiro 2017

Oi, 2017!



Não poderia começar 2017 sem antes falar um pouco de 2016. Porque caramba... Se tem um ano que merece um post aqui no blog, é esse: 2016. O ano que mudou minha vida. Lembro de quem eu era há um ano e não consigo nem explicar o quanto eu mudei. Não foi uma coisinha aqui ou ali, foi algo surreal. 2016 foi o ano em que alguns dos meus maiores medos se tornaram reais, mas alguns dos meus maiores sonhos também. Foi o ano que eu senti uma dor que nunca pensei que fosse sentir, que pensei que fosse morrer umas milhares de vezes, mas também foi o ano mais feliz e maravilhoso da minha vida, que eu ri até o ar faltar e agradeci um milhão de vezes por estar viva. Sabe quando as pessoas dizem que toda tempestade vem por um motivo? Pois bem... 2016 foi isso pra mim: uma tempestade. Daquelas que deixa a gente sem ar, que faz a gente se perguntar se vamos realmente sobreviver... E que no fim lavam a nossa alma de uma forma tão grandiosa, que sentimos como se estivéssemos nascendo outra vez. E eu nasci. Umas milhares de vezes, se quer saber. Tive experiências que jamais imaginei ter e sinto que tirei tudo que consegui de cada uma delas. Me apaixonei por momentos, por lugares, por pessoas, por mim mesma, pela vida. Coloquei o pé nesse mundo e caramba, vi e vivi umas mil vidas diferentes no processo. Foi um ano de tantos contrastes, que chega até a ser engraçado... E posso dizer uma coisa? Eu amei isso. Amei perceber a quantidade imensa de possibilidades que esperam a gente quando simplesmente nos jogamos na vida. Quando deixamos de nos definir, quando paramos de pensar que só podemos ser isso ou aquilo. Aprendi a balancear as coisas, a equilibrar minhas escolhas e a viver tudo que eu puder viver, enquanto eu puder viver. E olha, eu até pensei em fazer um post de retrospectiva de 2016, mas tem tanta, tanta, tanta coisa pra falar, que nem adianta tentar resumir de uma vez só. Em vez disso, vou postando por aqui conforme for dando na telha, que tal? Também pensei em fazer um post com as minhas metas e desejos pra 2017, e cheguei até a sentar na minha escrivaninha, abrir meu caderno novo e encarar as páginas em branco... Mas pra ser sincera, não tenho desejado muita coisa. É claro que continuo cheia de sonhos (isso é o que não falta!), tenho vários planos pro próximo ano e me sinto totalmente inspirada pra começar... Mas depois de 2016, percebi que as coisas raramente saem como o planejado. Olhei minha lista do ano passado e me assustei ao perceber que não só realizei, como também superei tudo que eu queria pro meu ano. E o melhor de tudo é que eu estava tão ocupada vivendo tudo isso, que só me dei conta agora do quanto as coisas foram muito melhores do que eu jamais poderia ter planejado. Então é isso. Não vou me prender a metas. Vou simplesmente viver e lutar pelas coisas que eu quero, com muita força de vontade e gratidão no lugar de expectativas. E desejo o mesmo pra vocês. Espero que tenham um 2017 maravilhoso! <3

Já me acompanha por aí?
YoutubeBloglovin | Instagram | Twitter | Goodreads | Pinterest
    

Comente com o Facebook:

4 Comentários

  1. Lindo texto Gabi <3
    Que 2017 seja um ano maravilhoso para você!

    Beijos
    barbfurtado.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Baaaarb! Ah, obrigada! Pra nós!! <3

      Excluir
  2. Belas palavras, lindona! Que teu ano de 2017 seja cheio de realizações, mais ainda do que dois mil e dezesseis. Tu merece, sucesso!

    www.simonemagnus.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahhhhh, obrigada de coração, Simone! Desejo tudo de lindo pra você também! <3

      Excluir

© Where The Light Is - 2016. Todos os direitos reservados. Design e programação: Folks Creative Studio. imagem-logo